quarta-feira, 22 maio, 2024
Página InicialGeralEx-Prefeito de Nova Erechim luta contra câncer e precisa de ajuda

Ex-Prefeito de Nova Erechim luta contra câncer e precisa de ajuda

O ex-prefeito de Nova Erechim, Volmir Pirovano, passa por um momento delicado em sua saúde. Ao invés de disputar eleições, ele agora luta pela vida.

Em 2021, Volmir começou a emagrecer, tanto que perdia um quilo por dia, segundo a família. “Ele chegou a perder 27 quilos, então descobrimos que era um tumor no intestino (câncer). Após a descoberta, foi feita uma cirurgia. Foi bem difícil conseguir um médico que fizesse a cirurgia, porque o tumor era bem grande”, explica a esposa Nilse Solivo.

- Publicidade -

Na época não havia vaga no Hospital Regional de Chapecó, por que tudo estava voltado ao Covid. Com isso, um médico em São Miguel do Oeste foi quem realizou o procedimento retirando 4,200 kg de tumor. O tumor já estava com raízes também no estômago, e por isso foi retirado parte do estômago no mesmo procedimento.

Neste tumor que foi tirado no estômago, haviam 89 nódulos. “Foram feitos exames e encaminhados para São Paulo. A partir disso, no Hospital Regional, foram feitas 12 sessões de quimioterapia. Só que mais tarde, o câncer apareceu também no pulmão”, conta a esposa.

Uma nova cirurgia foi realizada, dessa vez, no pulmão, onde retirou uma parte do orgão direito. Dessa vez, o médico achou que não era necessário fazer quimioterapia. “Com cinco meses sem quimio, apareceu o câncer de novo no mesmo pulmão e foi feita mais uma cirurgia, onde depois o médico pediu 12 sessões de quimio”, informa Nilse.

Volmir iniciou as novas sessões de quimioterapia no Hospital Regional de Chapecó, mas quando estava na 10ª sessão, começou a perder a força da perna e da mão. “Fizemos uma ressonância e foi constatado quatro tumores na cabeça. As radiocirurgias foram feitas em Erechim. Nos exames, descobrimos o motivo pelo qual os tumores voltavam tão rápido e foi constatado que Volmir tem problema genético”, revelou a esposa. Conforme ela, outros quatro familiares de Volmir tiveram câncer, mais ou menos na mesma idade dele, e todos faleceram.  

Por isso, um novo tratamento foi iniciado pela família, porém, não é disponibilizado pelo SUS.  “Essa quimio que o Volmir está fazendo, não tem pelo SUS. Cada sessão custa R$ 19,990,00, e tem que ser feito a cada 14 dias. Com esse tratamento ele está melhorando e por isso precisamos continuar. Fizemos duas e entramos na justiça, mas foi negado o pedido. A gente recorreu, mas não sabemos o quanto tempo vai demorar e o advogado disse que tá bem difícil agora, que o Estado está com bastante processos”, conta Nilse.

Por isso, uma Vakinha foi criada para ajudar no tratamento. “Ainda temos esperança de que eles vão aceitar pagar o tratamento, só que nós não podemos esperar, o Volmir precisa continuar recebendo o medicamento que tem esse custo altíssimo. Como já gastamos muito dinheiro e praticamente não temos mais valores, os amigos e familiares tiveram a ideia de fazer essa Vakinha Online para angariar recursos”, explica.

Para quem puder ajudar segue o link da Vakinha: https://www.vakinha.com.br/4751610

“Seja qual for o valor que você puder doar, será muito bem-vindo”, enfatiza a família.

- Publicidade -
- Publicidade -

🔥 Top da Semana

- Publicidade -

Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba as principais notícias da nossa região.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Redes sociais

284,000FãsCurtir
51,700SeguidoresSeguir
6,100InscritosInscrever

Leia mais