Publicidade

Novas Práticas Integrativas e Complementares serão implantadas em Sul Brasil

15 de Abril
Publicidade
Na última terça-feira (13) o prefeito de Sul Brasil Maurílio Ostroski juntamente com a secretária de Saúde Ágata Paula Valmorbida, enfermeira Aline, fisioterapeuta Tatiana e a profissional de Educação Física Daniela, representando os demais colegas da Unidade de Saúde do município estiveram realizando uma visita técnica a Secretaria de Saúde de Tigrinhos que é referência nas práticas integrativas e complementares (PICS).

A Secretaria de Saúde de Tigrinhos apresenta praticamente todas as práticas preconizadas pelo Ministério da Saúde, sendo que atualmente são reconhecidas 29 práticas.

Conforme a secretária de Saúde, Ágata o objetivo da visita foi conhecer como foi feito a implantação das PICS no município, avaliação das terapias conforme demanda das patologias, como foi organizado o fluxo de atendimento e os resultados obtidos. O município de Tigrinhos teve grande êxito na adesão das práticas integrativas, com envolvimento e participação da comunidade, sendo que os mesmos apresentaram resultados em relação ao uso indiscriminado de medicamentos, alta procura por exames, entre outros.   Ágata coloca que nesta semana estiveram visitando o Município de Sul Brasil os assessores do Deputado Estadual Padre Pedro que são apoiadores das práticas e os mesmos se dispuseram em auxiliar na implantação de novas terapias. “Temos como objetivo ampliar a oferta das PICS, hoje temos na Unidade de Saúde de Sul Brasil três terapias implantadas: florais, auriculoterapia e a dança circular. Porém, precisamos de um espaço adequado para o desenvolvimento de algumas práticas, iremos buscar por recursos financeiros para construir uma sala adequada e também qualificação dos profissionais para a ampliação da oferta de novas PICS”, destaca a secretária.

Conforme o prefeito Maurílio Ostroski a próxima meta da Secretaria de Saúde será a fitoterapia, no intuito de resgatar a cultura do uso de plantas medicinais no tratamento de doenças. “Essa prática já é milenar e esta associada aos saberes populares e ainda é bastante utilizada pela população”, enfatiza.

As Praticas Integrativas e Complementares são tratamentos que utilizam recursos naturais para prevenir e tratar diversas doenças físicas e emocionais. “O objetivo não é substituir o tratamento tradicional, mas sim oferecer um complemento no tratamento através de indicações que são aprovadas pelo Ministério da Saúde”, esclarece Ágata.
Publicidade
Publicidade