Publicidade

CASAN fará perfuração de poço para resolver o problema da falta de água em União do Oeste

14 de Janeiro
Publicidade

Há muito tempo a população de União espera por uma solução no que diz respeito às melhorias no abastecimento de água, garantindo que não falte água potável para o uso diário de quem mora na cidade e depende do abastecimento do CASAN.

Ainda em 2021 o Poder Executivo de União do Oeste  esteve em audiência com o Superintendente Regional de Negócios do Oeste, Daniel Domingues Scharf, representante da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Durante a conversa discutiram os problemas no abastecimento de água na cidade, principalmente em períodos de pouca chuva  Na reunião Daniel falou da grande dificuldade que vinha se prolongando desde o ano de 2020 e  o período de estiagem que ocorre em todo o Oeste de Santa Catarina, o que diminui consideravelmente a vazão dos poços, dificultando o abastecimento como é o caso de União do Oeste. Destacou que diante de tal situação, algumas ações já estavam sendo executadas como a ampliação do diâmetro da adutora principal, com uma nova tubulação.  Conforme destacado, uma outra medida seria a  contratação de empresa especializada para a perfuração de um novo poço.

Nesta semana após contato do prefeito  Valmor Golo com Daniel,  para ver como estavam a situação das ações para serem feitas,  obteve a resposta positiva sobre a perfuração do novo poço. Conforme Daniel, a empresa para o trabalho já foi contratada e segue um cronograma de trabalhos em outros municípios da região sendo que,  a perfuração do poço em União do Oeste está marcada para o dia 24 de janeiro.  

O poço será no mesmo terreno onde já existe o atual poço, na Linha São Luiz próximo à cidade. A ideia é a perfuração de um poço com aproximadamente 300 metros. “A perfuração pode ter a duraçao de uma semana. Posteriormente é feito o teste de vasão para que se possa explorar o poço e garantir o abasteciemnto e suprir a falta de água”, destaca Daniel.

O prefeito Valmor, destaca que a prefeitura estará dentro do possível, à disposição para auxiliar a CASAN nos trabalhos necessários. “Importante é resolvermos o problema da falta de água que há muito tempo prejudica nossos moradores da cidade”, diz Golo.

A preocupação é que se resolva o quanto antes o problema da falta de água, o que causa transtornos para as atividades diárias dos moradores, além de ser uma questão de sáude  ter uma água de qualidade para o consumo.

Publicidade
Publicidade